Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

Serviço Nacional de Saúde, a caminho do epitáfio?

Este é sobretudo para despertar a curiosidade da Sofia (Loureiro dos?) Santos, que amavelmente me visitou e se tornou na 5ª leitora deste blog, mas também para os outros 4 visitantes.
Tenho informações, que ainda não posso divulgar, que apontam para uma "Bomba H" prestes a rebentar no SNS. E não estou a exagerar a potência da coisa... vai ficar tudo em estilhaços.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
Terça-feira, 29 de Agosto de 2006

Polémica sobre o Serviço Nacional de Saúde

Sim, porque é polémico dizer bem do SNS, como eu quero dizer e como diz a Sofia Santos num blog que descobri, Defender o Quadrado, onde traduz tudo aquilo que eu penso sobre o SNS. Como depois de ler não vale a pena escrever o que quer que seja, fica o link.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,

Ajoelhem-se pois reles plebeus, os Portishead estão de volta

Alvíssaras, alvíssaras! Os mestres do trip-hop, suseranos dos escuros recônditos das nossas almas, estão de volta! Estão neste momento a gravar o mui ansiado e sebastiânico terceiro álbum e, melhor ainda, disponibilizaram no myspace duas amostras do trabalho de gravação. Segundo Geoff Barrow, citado pela Antena 3, e depois de notícias de que muitos cabelos já tinham sido arrancados de desespero pela dificuldade em conseguir tocar algo decente, «as canções "ainda soam estranhas", mas a coisa já começa a "parecer-se com um álbum"». São apenas dois temas instrumentais dos quais não dá para tirar ilações, mas para os sedentos aqui fica o link.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 10:54
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!

O urso conformista voltou de férias

Em boa hora dou as boas-vindas ao Pedro Silva (do cão rafeiro ainda não vi o rasto) do armadilhaparaursosconformistas, no seu regresso de férias - uma vez que não posso comentar no próprio blog... escrevo aqui, assim até faço mais publicidade grátis :).
Em boa hora porque ontem, no meio da minha neura pós-fim de semana, um raio de sol inopinadamente iluminou o meu dia, trazendo o brilho aos meus olhos e uma sonora gargalhada aos meus de novo sorridentes lábios. Recomendo vivamente uma ávida leitura do post de regresso do Pedro Silva, "A Aldeola". De chorar por mais! Parece que vai haver uma sequela... fico a aguardar!
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
Segunda-feira, 28 de Agosto de 2006

Irão, ainda (e cada vez mais) o país de que se fala

Extractos do editorial do Público de hoje (como sempre que não é da autoria de JMF, merece ser lido):

"Quando deflagrou a guerra no Iraque, em Março de 2003, a opinião pública mundial estava já farta de ouvir argumentos "definitivos": o mundo corria perigo, o Iraque podia ter armas de destruição maciça (químicas, atómicas, o que fosse), era preciso marchar para o Iraque. Marchou-se. Depois da palavra, muitas vezes falsa, provocar mais ruído que as próprias armas. Um professor jordano, Adnan Hayajneh, entrevistado então (...) profetizava: «OS EUA podem ganhar a guerra. Mas não vão ganhar a paz. O Iraque não será o fim de um processo. É o princípio.» Restava saber de quê. E a que preço. Agora, passados três anos, parte do preço está à vista. E é elevado. Também está à vista o princípio de que falava Hayajneh: era o princípio de uma ofensiva global do radicalismo islâmico (...)
Na altura, com as baterias viradas para o Iraque, o Irão foi minimizado. Melhor para ele: (...) desta vez, o Irão (...) tem mais trunfos do que tinha há três anos. Conta com o belicismo israelita, mesclado ao seu eterno pavor de nação sitiada (...) Anteontem, inaugurou o projecto de um reactor de água pesada (...) em Israel, embora o reactor só deva estar concluído em 2009, já uma voz se levantou (...) afirmando que Israel se deve "preparar militarmente" para enfrentar Teerão. Para Ahmadinejad, tais palavras soam como uma suave melodia. Enquanto ele vai dizendo ao mundo "têm de aceitar a realidade de um Irão poderoso, amante da paz e desenvolvido", prepara-se já para o enfrentamento militar que o futuro eventualmente lhe reserva.
Dia 31 termina o prazo dado pelas Nações Unidas ao Irão para refrear a sua estratégia nuclear. Teerão, com o anúncio de ontem, ensaiou uma resposta. Agora, tremerão as diplomacias. Depois, se a insanidade se instalar de novo, ouvir-se-ão as armas. Até onde iremos, desta vez?"
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 14:26
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Sexta-feira, 25 de Agosto de 2006

Panem et circenses

E como nestes tempos de vacas magras vai faltando o pão... resta o circo. Eis um artigo no Record online que diz, de uma assentada, tudo aquilo que eu penso sobre esta palhaçada de sobe-não sobe-desce-não desce entre Gil Vicente, Belenenses, Leixões, a Liga, a Federação, os tribunais e a FIFA. Ao ler, sinto-me dispensado de escrever: faço minhas as palavras de Luís Avelãs. Cito apenas as interrogações deixadas, quem quiser ler o artigo completo pode seguir o link acima:

«- Se Mateus não podia ser utilizado pelo Gil na última época, porque razão a inscrição foi aceite pela Liga?
- Não tem a Liga, como organizadora de uma prova, de ser responsabilizada por um erro que, mesmo não tendo partido de si, acabou por patrocinar a partir do momento em que aceitou a inscrição do angolano?
- A confirmar-se a ilegalidade do Gil Vicente, e a verificar-se a consequente descida de divisão, não será necessário anular todos os resultados do clube e encontrar uma nova classificação?
- Independentemente dos regulamentos nacionais e internacionais, num Estado que se diz de direito, não existe o direito ao trabalho no caso do futebolista Mateus? Na Liga Profissional de Basquetebol, por exemplo, um jogador que começa a época como profissional não pode, a partir de Dezembro, actuar numa liga amadora ou semi-profissional (Proliga), mas o inverso é possível até ao arranque do “playoff”. Ou seja: passar de amador a profissional é algo normal e tranquilamente aceite no basquetebol. Porque não no futebol? O profissionalismo muda consoante a modalidade em causa?
- Num Estado que se diz de direito, como se justifica que pessoas ou entidades não tenham acesso aos tribunais civis? As leis da UEFA e da FIFA devem estar acima das leis dos mais diversos países?
- O Belenenses diz ter o direito desportivo de estar na Liga principal; o Leixões também. Mas, desportivamente, nenhum tem razão: os lisboetas ficaram em lugar de descida e os nortenhos falharam os postos de subida. Desportivamente, o único clube que tem razão em reclamar o seu lugar é o Gil. Resta saber se, fora do campo, o clube meteu mesmo a “pata na poça”…»
:
Abraracourcix o chefe falou sobre:
um discurso de Abraracourcix às 17:02
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Quinta-feira, 24 de Agosto de 2006

Liga dos Campeões - o sorteio ideal

Aqui estão os grupos em que eu gostava que as equipas portuguesas calhassem... Depois vou comparar com o sorteio real e concluir quem tem mais coincidências com o meu pedido e foi o mais sortudo.
Não vou ser faccioso, ao contrário do benfiquista e anti-sportinguista do Daniel do Troll Urbano que, para além de chamar ao Sporting "agremiação do Lumiar", quer que calhem com Barcelona, Chelsea e Galatasaray, o mais difícil possível... nem ao Porto, ao qual ele chama "aquele cujo nome não se pode pronunciar", ele pede tão mal.
Não querendo responder à provocação (senão pedia o Barcelona e o Chelsea para o Benfica - aliás, "clube dos arredores do Colombo"), enuncio desde já as minhas prioridades, assumindo-me como sportinguista que vive no Porto (e com duas costelas portistas, uma de infância e outra por afinidade - a minha mulher é portista): o mais fácil para o Sporting, a seguir para o Porto, a seguir para o Benfica. Não quero mal a ninguém, e vou torcer pelos três em todos os jogos - pelo menos até ao 2-0... ;)

Sorteio ideal:
Valencia (ou Arsenal)
Lille (ou Celtic)
SPORTING
Levski Sofia (ou FC Kobenhavn)

Arsenal (ou Valencia)
PORTO
Bordeaux (ou Steaua Bucuresti)
FC Kobenhavn (ou Levski Sofia)

Real Madrid (ou Liverpool)
Celtic (ou Lille)
BENFICA
Shaktar Donetsk
:
Abraracourcix o chefe falou sobre:
Quarta-feira, 23 de Agosto de 2006

Ainda Setúbal, Carlos de Sousa e o PCP...

Excelente post no Bloguítica, que complementa o que tentei transmitir (de forma algo emocional confesso) anteriormente. Excerto (o post completo aqui):

"(...) O PCP sabe muito bem como é que ganhou a CMS em 2001. Basicamente, por duas razões. Em primeiro lugar, devido à ressaca de não sei quantos anos de gestão desastrosa do socialista Mata Cáceres. Em segundo, indo buscar um comunista com aura de pertencer à ala renovadora do partido e, sobretudo, indo buscar um elemento que tinha «obra feita» na Câmara Municipal de Palmela.
Ou seja, os habitantes de Setúbal -- um arco que englobava os comunistas, muitos desencantados do PS e muitos votos úteis do PSD, sim, do PSD... -- votaram em massa em Carlos Sousa. Em Carlos Sousa e não no PCP, faço questão de notar.
É por isso que substituir Carlos Sousa pela número três do PCP é uma falta de respeito pela vontade expressa pelos eleitores nas eleições de 2005 (em que Sousa perdeu a maioria absoluta, mas que, mesmo assim, obteve um resultado que apenas a ele se deve).
Que o PCP queira dar a volta à situação, percebe-se e compreende-se. O poder autárquico é demasiado importante para o PCP. (...)"
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 16:46
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!

Labour em queda no Reino Unido

O feitiço vira-se contra o feiticeiro...

Segundo sondagem do Guardian:

Tories open nine-point lead as Labour drops to 19-year low

"(...) The Tories have gained over the last month while support for Labour has fallen heavily in the wake of the recent alleged terror plot against airlines. An overwhelming majority of voters appear to pin part of the blame for the increased threat on Tony Blair's policy of intervention in Iraq and Afghanistan.
Ministers - including Mr Blair - have repeatedly denied that there is a connection. But 72%, including 65% of Labour voters, think government policy has made Britain more of a target for terrorists. Only 1% of voters believe the government's foreign policy has made Britain safer, a devastating finding given that action in Iraq and Afghanistan has been justified in part to defeat Islamist terrorism.
That may explain why Labour support has dropped four points in a month, to 31% (...) The fall may be partly caused by Mr Blair's absence on holiday and public unhappiness at the announcement that John Prescott would stand in. (...)
Meanwhile the Conservatives have climbed one point to 40% (...)
The findings will shock many at Westminster who had expected Labour to gain ground following John Reid's high-profile handling of the alleged plot against transatlantic airlines. Carried out over the past weekend, following the series of terror arrests, the poll shows voters do not believe the government is giving an honest account of the threat facing Britain. Only 20% of all voters, and 26% of Labour voters, say they think the government is telling the truth about the threat, while 21% of voters think the government has actively exaggerated the danger.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 14:49
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!

Demissões na Câmara Municipal de Setúbal

Já aqui confessei a minha costela - malgré moi - setubalense. É por isso com particular atenção que tenho seguido as notícias que abalam aquela autarquia. A demissão de Carlos de Sousa, presidente, e do seu vereador do Urbanismo não deixa de ser de alguma forma surpreendente e, se se confirmar que está relacionada com o caso do suposto conluio para a demissão compulsiva de funcionários, deixa-me muito triste. Triste porque, há cinco anos e tal, mesmo já não morando em Setúbal mantive-me lá propositadamente registado, e desloquei-me expressamente à cidade para votar no sr. Carlos de Sousa - ou, para ser mais correcto, para expulsar o ex-presidente e ex-cacique local, Mata Cáceres. É por isso para mim, que levo as minhas escolhas eleitorais muito a sério, quase uma traição. Sobretudo porque, como votante assíduo do partido que vocês devem estar a adivinhar, não estou nada habituado (já sei que me vão chamar ingénuo...) a estes escândalos de tráficos de influência e quejandos... Faço por isso figas para que não seja o caso, para que as revelações do DN se revelem pífias, e quero acreditar que a demissão não esteja relacionada com isso, mas antes com isto (e as razões apontadas, nomeadamente o excessivo endividamento, são de facto verídicas):

"(...) A nota de imprensa do PCP de Setúbal nada adianta sobre as razões que terão estado na origem do afastamento dos dois autarcas. No entanto, segundo uma fonte partidária, que pediu à Lusa o anonimato, o PCP tem uma «análise pouco favorável do trabalho autárquico da equipa de Carlos de Sousa».

O coordenador da Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP negou que o relatório do IGAT tenha sido considerado na avaliação do trabalho autárquico. Fontes comunistas, que pediram anonimato, reafirmaram à Lusa que as «saídas de Carlos de Sousa e Aranha Figueiredo resultam da falta de coordenação e do endividamento cada vez maior da autarquia» e não das conclusões dos inspectores."

:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 14:19
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!

Caso Mateus: ainda não acabou...

Notícia do DN online:

Gil Vicente volta a recorrer aos tribunais

"O Gil Vicente não se conforma com a decisão do Conselho de Justiça (CJ) da Federação de futebol que ditou a despromoção da equipa para a Liga de Honra, e hoje vai propor uma providência cautelar no Tribunal Administrativo de Lisboa para tentar suspender a eficácia do acórdão. Para tal os gilistas contrataram o gabinete de advogados de José Miguel Júdice (ex-bastonário da Ordem dos Advogados), onde se trabalhou durante toda noite de ontem, com o intuito de esta manhã tentarem convencer o juiz de que existe matéria para aceitar a providência. (...)"
:
Abraracourcix o chefe falou sobre:
um discurso de Abraracourcix às 14:08
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!

Contra a co-incineração na Arrábida, desobediência civil, já!!

Também o Pópulo se insurge contra a co-incineração na Serra da Arrábida. Deixo o link para uma foto da área que o populo lá colocou, para que saibam o que está em casa.
Entretanto, eivado pelos ventos de contestação que sopram dos lados de Coimbra, lanço desde já a campanha:
Contra a co-incineração na Arrábida, desobediência civil, já!!
:
Abraracourcix o chefe falou sobre:
um discurso de Abraracourcix às 10:45
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!

O mundo a preto e branco (a cores)

Encontrei esta imagem fabulosa, que me fez lembrar uma caricatura do conhecido cartoonista Luís chamada O Mundo segundo Bush que com grande pena minha nunca consegui encontrar na net. Aqui fica esta, ligeiramente menos engraçada (e com a desvantagem do português do Brasil...):


:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 09:31
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Terça-feira, 22 de Agosto de 2006

O pesadelo libanês visto de dentro

Deparei-me no Pópulo com uma menção ao Kerblog, um blog de um desenhador libanês onde ele conta a sua experiência pessoal de guerra, pelo meio de muitos desenhos. É pedido que o divulguemos, e como merece aqui fica o link e um desenho a título de exemplo (é o mesmo do Pópulo, mas é sem dúvida o mais significativo):

from under the lebanese earth
more than 1500 persons are asking
themselves


why?







time remains

and we pass.


time passes

and beirut remains.






Pronto, dois desenhos, mas é difícil escolher...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , ,

Hezbollah e o "eixo do terror": a suprema ironia

Esta dá mesmo vontade de rir... e agora, sr. Blair?

British kit found in Hezbollah bunkers

(notícia do The Times)

AN URGENT investigation was launched last night after Israel accused Britain of indirectly supplying Hezbollah terrorists with military night-vision equipment that helped them to target Israeli soldiers in Lebanon.
The equipment was found by Israeli troops in Hezbollah command bunkers in southern Lebanon. Each set was stamped “made in Britain”.
The Israelis made representations to the Foreign Office after it was revealed that Britain had sold 250 night-vision systems to Iran in 2003 for use against drug smugglers.
Foreign Office officials said early indications seemed to suggest that the night-vision equipment found by the Israelis was not part of the batch sold in 2003 to Iran. However, thorough checks were being made to compare serial numbers on the equipment found in the Hezbollah bunkers with those on the ones exported legitimately to Iran.
The Iranians are the prime sponsor of Hezbollah, and the Israeli authorities are demanding to know whether the equipment sold to Iran three years ago ended up in the hands of Hezbollah, which killed 117 Israeli soldiers during the month-long clashes in Lebanon.
A Department of Trade and Industry official said night-vision equipment of military specification required an export licence. The investigation will look into whether any British company might have breached export regulations.
The batch of 250 night-vision systems were given a special export licence in 2003 because they were intended to be used by Iranian police trying to stem the flow of heroin and opium from Afghanistan into Iran. Although there is what amounts to an arms embargo against Iran, aimed principally at stopping the export of equipment that could benefit Tehran’s suspected nuclear weapons programme, the request for night-vision equipment was approved in recognition of the counter-narcotics work.
When the export was agreed, Mike O’Brien, then Junior Minister at the Foreign Office, told the Commons: “The goods are for the use on the Iran-Afghanistan border against heroin smugglers.” He said there was “no risk of these goods being diverted for use by the Iranian military”.
If any of the equipment has been diverted to Hezbollah, it would be a serious embarrassment for the Government. Hezbollah’s “external security”, the military wing of the militant organisation, is proscribed as a terrorist group. The Government has also made clear its support for Israel’s struggle with Hezbollah and has approved the transit of bunker-busting bombs and missiles for the Israelis from the US through British airports.
Liam Fox, the Shadow Defence Secretary, said: “If this turns out to be true, and Iran supplied backing for Hezbollah, it will have consequences for any future military exports to Iran. And it points the finger all the more strongly at Iranian involvement in destabilising the Middle East.”
One set of the equipment was found by Israeli forces in the southern Lebanon village of Mis-a-Jebel on August 10, in a house belonging to a 60-year-old man whose four sons are all Hezbollah fighters.
One was described as a Thermo-vision 1000 LR system with a serial number 155010, part number 193960. Other equipment, including radios also thought to be British, and sophisticated recording and monitoring devices, were found.
Israeli commanders had complained that night-time operations in the border region had been hampered by the ability of Hezbollah fighters to observe and counter their moves. In more than six days of fighting around the village of Mis-a-Jebel, the Israelis lost six soldiers and 20 more were injured.
Lieutenant-Colonel Olivier Radowicz, an Israeli commander, said: “The night-vision unit was used to observe the movement of troops. You can also record what you are watching. Then it is connected to a computer. You can obtain a perfect intelligence picture in real time. It is then connected to firing systems.”
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: