Terça-feira, 19 de Setembro de 2006

Vivam os noivos!



Já é assim em Espanha... Dentro de quantos anos em Portugal?
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 09:29
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
4 comentários:
De Héliocoptero a 19 de Setembro de 2006 às 11:03
A JS quer que seja em 2007, as beatas do PS preferem que se aprove "contractos civis" ou um gueto legal do género. Certo certo é que a adopção de crianças por homossexuais não vai ser desta.
De Abraracourcix a 19 de Setembro de 2006 às 12:12
Tudo o que vier são avanços, Héliocoptero... Em relação à adopção, sei que vou levar pancada, mas eu não concordo. Não pelos pais/mães homossexuais, que considero terem todo o direito à adopção, em igualdade com todos os outros cidadãos, mas pelas crianças. Queiramos ou não (alguns parecem não o querer ver), existe ainda muita homofobia em Portugal, alguma à mostra, a maior parte encapotada. Ora isto fará com que crianças adoptadas por casais homossexuais sofram durante todo o seu percurso educativo - e falo de violência física e, sobretudo, psicológica; todos sabemos como as crianças sabem ser cruéis, por si só são-no mas quando tentam apenas copiar o que vêm em casa ou na rua, pior ainda... - sofram por algo de que não têm qualquer culpa. E acho que não temos o direito de as fazer sofrer isso.
Concoro com a adopção por homossexuais, sim, mas quando a sociedade estiver madura para tal. Poderás achar que já o está, como em Espanha, eu acho que em termos de mentalidade estamos ainda muito atrás.
De max a 21 de Setembro de 2006 às 13:33
"Concordo com a adopção por homossexuais, sim, mas quando a sociedade estiver madura para tal"

O quê? Prepara-te par ser espancado :))

Aí há uns anos, uma mãe solteira era uma vergonha. Ainda continua a ser em alguns locais bolorentos deste país

Imagina se nunca nenhuma tivesse ousado ter um filho sem ser casada? Imagina se todas tivessem aguardado que " a sociedade amadurecesse".

Achas que alguma vez teríamos tido mães solteiras?
De Abraracourcix a 21 de Setembro de 2006 às 14:51
Parece-me que já não vinhas ao Altermundo há algum tempo, Max, ou pelo menos não comentavas. És sempre bem vindo :)
Espancado? Por quem? Não percebi...
Comparas a adopção por homossexuais com uma mãe solteira: para mim, há uma diferença que é essencial, e que explica a minha posição - uma mãe solteira, como tu dizes, era e ainda é em alguns sítios uma vergonha, mas essa vergonha incidia exclusivamente, ou quase, sobre a mãe. A criança, se sofria, seria indirectamente, não tenho a ideia de haver actos de ódio sobre crianças por serem "bastardos"...
Tenho no entanto a firme convicção que filhos de casais homossexuais sofreriam, muito directamente, na pele essas represálias, e é isso que motiva a minha oposição. Falta-nos alguma maturidade que Espanha, por exemplo tem, fruto do cosmopolitismo que o seu desenvolvimento económico trouxe.

comentar - começar zaragata



Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: