Quinta-feira, 21 de Setembro de 2006

Luzboa - o "estranho sortilégio" de Lisboa

Pois é, hoje estou muito cultural... Por estes dias, tenho inveja dos lisboetas, por terem a oportunidade de experienciar a Luzboa - II Bienal de Luz de Lisboa.
Para quem não ouviu falar, trata-se de um conjunto de instalações artísticas espalhadas pela cidade, num eixo comum que começa no Bairro Alto, passa pelo Chiado, Baixa, e sobe até Alfama. É um projecto de arte pública com base em elementos de luz e iluminação urbana que, segundo os próprios, foi "pensado para transfigurar Lisboa na sua dimensão nocturna". Parece-me uma iniciativa interessantíssima que muito me apraria ver, por isso peço a todos os lisboetas (e amadorenses e sintrenses e etc.) que não percam, até dia 30 deste mês, ao longo do eixo referido entre as 20 e as 24h.
Penso que estas bienais de luz já existem noutras cidades (Lyon, por exemplo), mas no nosso caso, para além do trocadilho que permite no nome, a ideia é genial: Lisboa e luz - um casamento perfeito!

Em paralelo, e no âmbito da Luzboa , encontrei no Público um artigo de um artista e escritor francês, Malek Abbou , que aí vai escrever diariamente sobre a sua experiência na Luzboa (estará todos os dias no Bairro Alto Hotel, no Largo Camões, para receber todos os que o quiserem ver). Chamou-me a atenção uma passagem que é, para mim, a melhor descrição que já vi de Lisboa e, como ele diz, do seu "estranho sortilégio":

"como se inventa Lisboa no olhar de um estrangeiro? (...) é um enigma que exige abandono e solidão... tal como esta noite em que caminho sem destino, esperando por algo que pode ou não chegar."
:
Abraracourcix o chefe falou sobre:
um discurso de Abraracourcix às 14:51
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: