Segunda-feira, 25 de Setembro de 2006

Quantas vidas tem Bin Laden?

Habitualmente, a pergunta que todos se faziam era "onde está Bin Laden?". Agora, a pergunta é "como está Bin Laden? vivo ou morto?", desde que, no sábado, o jornal francês L'Est Republicain (jornal da região da Lorraine , o arquivo é de acesso pago) noticiou a sua morte, invocando fontes da Direction générale des services extérieurs DGSE ), os serviços secretos franceses.
Naturalmente, quer a DGSE , quer a CIA quer os próprios serviços secretos sauditas, de onde a notícia originalmente proveio, negam qualquer confirmação da morte do homem mais procurado do mundo. Claro que isto não quer dizer absolutamente nada, porque tal negação ocorreria quer em caso de a notícia ser verdadeira quer não - resta-nos então esperar uma confirmação, ou desmentido...
Seja como for, esta é já a "quarta morte" de Osama bin Laden , pois já por três vezes no passado tinha sido anunciada a sua morte, e sempre desmentida. Será desta? Ou será que, furtivo como um gato que sempre consegue iludir os seus perseguidores, herdou também as suas sete vidas?
De uma forma ou de outra, e excluindo o lado simbólico, de efeitos desconhecidos, a sua morte nada alteraria no actual estado do mundo e da região. É esse o seu legado, como por altura da 5ª efeméride do 11 de Setembro li: o de que a sua organização, a Al Qaeda , sobreviveu à própria Al Qaeda , como sobreviverá à queda do seu líder.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 09:34
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: