Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006

Líbano na direcção errada

Foi ontem assassinado o ministro da Indústria libanês, Pierre Gemayel, cristão maronita do histórico partido Falange e membro do clã Gemayel - que em princípios da guerra civil já deu um presidente ao Líbano.
Não penso, até pelas declarações do pai de Gemayel (irmão do defunto presidente) e do líder druso Walid Jumblatt a apelar a que não se procure a vingança para não fazer "o jogo dos perpetradores", que se esteja (para já...) à beira de uma guerra civil, nem penso que fosse essa directamente a vontade dos assassinos de Gemayel. É no entanto um sinal claríssimo e indubitável da Síria - sem sombra de dúvida por trás deste acto - em como pretende impedir o julgamento que já se anuncia sobre os responsáveis pela morte de Rafiq Hariri (outro assassinato político a mando sírio) e, mais que isso, manter o Líbano sob o seu jugo.
Como explica o director dos Cahiers de l'Orient, Antoine Sfeir, em entrevista ao Le Monde, "Il faut chercher à qui profite le crime. On est bien obligé de constater que ceux qui pouvaient souhaiter la mort de Pierre Gemayel sont tous ceux qui veulent le retour de la Syrie sur la scène libanaise et la désintégration de l'Etat libanais (...) La construction d'un Etat libanais fort et indépendant est ce qui peut arriver de pire à la Syrie, qui peut pour l'instant agir au Liban comme si elle était chez elle." [se precisarem de tradução digam...]
Ao mesmo tempo, Damasco dá sinais ambivalentes, ao pretender contribuir para a pacificação no Iraque. Por um lado, fica patente a crescente influência de Teerão sobre o seu aliado sírio, pois é ao Irão que mais interessa mostrar-se, neste momento, como elemento estabilizador da região (posto que os seus actos recentes já demonstraram a todos que se pode tornar desestabilizador sempre que quiser...). Por outro, é uma boa forma de tentar mascarar ou, pelo menos, tornar mais aceitável ao Ocidente as suas eternas manobras no Líbano. E nos meandros da realpolitik esta troca é bem capaz de funcionar...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 09:56
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: