Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2006

Libertem os Pais Natal! (e os horrorosos anões de jardim)

Uma nota bem-humorada:
(última página do Público de hoje)

"Comando liberta Pais Natal em cidade italiana"

Figuras penduradas em varandas desaparecem durante a noite e são levadas para um jardim público

Os comandos actuam de madrugada, são rápidos, silenciosos e eficazes: sobem às varandas e levam os Pais Natal insufláveis ali pendurados. No espaço de duas semanas desapareceram umas dezenas de figuras, num fenómeno por enquanto confinado a uma cidade do Norte de Itália: Bérgamo.
Há três dias, o mistério ficou parcialmente esclarecido: os Pais Natal não foram alvo de um roubo sem sentido e sim "libertados". O esclarecimento vinha num comunicado assinado pelo "Movimento de Libertação dos Pais Natal das Varandas".
A reivindicação explicava o porquê: "Nós, membros do movimento, queremos que acabe a moda de prender Pais Natal às varandas, porque ele é um espírito livre que visita a casa das pessoas boas. Ninguém pode prendê-lo à varanda, obrigando-o a visitar a sua casa. O Pai Natal vem a nossas casas só na noite de Natal. A casa dele é na Lapónia e não vive nas varandas ou nas janelas."
A nota tal como foi divulgada pelo diário Corriere della Sera incluía, no entanto, uma pista para os que tinham comprado as figurinhas insufláveis de vários tamanhos: "Se queres rever o teu Pai Natal, vai ao bosque, aquele perto da via férrea, onde poderás encontrá-lo." Era verdade, lá estavam eles.
Muito comentado em Bérgamo, o caso motivou em geral sorrisos, mas o Corriere revelou que alguns proprietários com menos sentido de humor apresentaram queixa na polícia.
A libertação dos Pais Natal tem evidentes semelhanças com o movimento que existe há alguns anos em França - e que ganhou ramificações em Itália - para libertar os anões de jardim.
Jornais locais arriscaram que a operação nas varandas da cidade poderia ter sido conduzida pelos mesmos activistas que se dedicam a raptar e libertar os anões de barro dos jardins. A suposição levou o Movimento Autonómo para a Libertação dos Anões de Jardim (em italiano, MALAG) a emitir um outro comunicado, rejeitando qualquer envolvimento e negando essa "calúnia".
Para não deixar dúvidas, o MALAG explicou, em três pontos, por que motivo a acção nas varandas de Bérgamo nunca poderia ter sido sua: "primeiro, porque o movimento quer libertar os anões e isso seria uma distracção da batalha principal"; segundo, porque o Pai Natal "não é uma criatura da floresta"; terceiro: "Porque queremos ver quem é que tem a coragem de se empoleirar numa varanda do segundo andar em pleno centro..."
:
Abraracourcix o chefe falou sobre:
um discurso de Abraracourcix às 09:18
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: