Sexta-feira, 2 de Março de 2007

It's OPA time!

Começa daqui a pouco, às 15h, a reunião-maratona (prevê-se que acabe madrugada dentro) que decidirá a desblindagem, ou não, dos estatutos da Portugal Telecom, e assim decidirá se a OPA da Sonaecom chega, ou não, ao mercado. Os meus sentimentos face a este processo já são conhecidos dos meus leitores de há alguns meses. Quanto a prognósticos... faço minhas as palavras de um dos mais célebres pontapeadores da bola e da gramática portuguesas...
Segundo a listagem dos maiores accionistas da PT que retirei do próprio site da empresa e a notícia do Público de hoje, eis a minha expectativa para o que se passará:

A favor:
  • Telefónica (9,98%)
  • Brandes Investment Partners (7,67%) - é um fundo de investimento, os quais em princípio se guiarão pelas "melhores práticas" e deixarão a OPA ser decidida no mercado; até porque o objectivo destes fundos é realizar mais-valias, não passando pelo longo prazo
  • CGD + Estado (7%) - a CGD tem uma posição desconhecida, mas tenho a certeza que o Estado quer que a OPA seja o mercado, porque na visão de Sócrates isso é bom e estimula a economia portuguesa, e também tenho a certeza de que irá off the record instruir a Caixa - que supostamente decide de forma independente - a votar nesse sentido
  • ABN Amro (menos de 2%)
  • Sonaecom (1%) - evidentemente

Contra:
  • BES (8,08%)
  • Telmex (3,41% segundo a PT; 4,3% segundo a notícia do Público)
  • Fundação Berardo (2,07%)
  • Barclays (2,07%) - são acções próprias da PT detidas em regime de troca de acções, e que a Sonaecom diz que a PT irá utilizar na assembleia de hoje, embora a lei o proíba
  • Nuno Vasconcelos (Ongoing + Insight, 3%)
Contagem de espingardas: perto de 20% do lado de Belmiro & filho, entre 16,56 e 17,45% , consoante as fontes, do lado da administração da PT (sem contar com as tais acções próprias detidas pelo Barclays).
Claro que a desblindagem só será aprovada com pelo menos dois terços do capital presente (face à participação prevista, cerca de 23% deverão ser suficientes para a bloquear), pelo que se afigura como uma tarefa espinhosa e uma grande incógnita, face aos numerosos accionistas cujo sentido de voto não é possível descodificar.
A lista de accionistas do site da PT refere, para além dos indicados acima, o Grupo Citadel (2,37%), o Crédit Suisse (2,34%), Paulson & cia. Inc. (2,34%), Stark % Roth (2,21%), Grupo Fidelity (2,09%), UBS AG (2,02%), de que não prevejo o sentido de voto, embora em princípio os fundos de investimento votem a favor da desblindagem.
Tudo junto, dá cerca de 50% do capital da PT, sendo que o resto está na mão de pequenos accionistas, dos quais se prevê que 20% estejam presentes na assembleia de hoje.
Estes pequenos accionistas serão por isso determinantes para o sucesso da desblindagem, não admirando por isso a agressiva campanha de publicidade que a Sonae tem feito apelando ao voto destes, e que até já mereceu reparos da própria CMVM...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 14:13
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: