Quinta-feira, 8 de Março de 2007

Go n-éirí an t-ádh leat, Ulster. Good luck, Northern Ireland.

Ou: boa sorte, Irlanda do Norte.

"gerry adams pára no topo dos degraus para o cultúrlann mcadam ó fiaich, centro cultural de língua irlandesa, e olha para as câmaras, seguro. a seus pés, seu território: falls road - católica a todo o comprimento; irlandês falado em boa parte.
os jornalistas espanhóis - que são mais do que os irlandeses e britânicos, eternamente com os seus paralelismos com o país basco - esticam os microfones para gerry adams, e entreolham-se. gerry adams fala uma língua incompreensível. primeiro irlandês, e só depois uma tradução em inglês.
não há quase ninguém para entender a primeira parte da declaração de gerry adams. a visita ao bairro católico no último dia, antes das eleições, foi um desconsolo. será porque toda a campanha foi assim mortiça, em todos os quadrantes políticos? ou será que não há por aqui populares, porque gerry adams perdeu popularidade?
os táxis pretos são tão grandes que de facto faz sentido usá-los como autocarros. o táxista pára para deixar entrar dois passageiros e cala-se. confiava as suas dúvidas: agora é que se vai ver o que é que as pessoas pensam da decisão de gerry adams de ter aceite a força da polícia.
quando pára na rua para falar com o público, róisín o"reilly está a meia dúzia de passos da escola onde anda a filha. quando a mãe andava nesta escola, nesta rua todos os dias acontecia um infortúnio.
31 não é idade para se lembrar de muito, mas para se lembrar de suficiente. membros da família presa. "pergunte a qualquer pessoa por aí, toda a gente tem uma história de alguém preso, ou morto." e toda a gente tem uma história de ódio à polícia.
róisín o"reilly toda a vida votou no sinn féin, excepto ontem. "nós cedemos demasiado", diz. o"reilly não perdoa a gerry adams ter reconhecido a polícia. não uma força policial, mas esta força policia, em que ninguém foi confrontado pelos crimes que cometeram.
mas a verdade é que a história desta paz está cheia de pessoas que cometeram crimes. aliás, esse era um dos argumentos dos unionistas para não trabalharem em conjunto com o sinn féin. mas a paz só pode ser feita por quem fez a guerra.
como observou adrian gueckel, da universidade queen"s, em belfast, gerry adams não podia tomar outro caminho. para avançar no caminho político, era necessária a cedência. dentro do partido, votou-se a favor na questão da policial, mas na rua muitos iam votar contra - o que podia favorecer o sdlp; ou então, não sequer iam votar, ontem, como castigo. por isso, go n-éirí an t-ádh leat gerry adams, boa sorte."


"Paul Bew, da Universidade Queen"s, de Belfast, não está pessimista em relação aos resultados do Partido Unionista Democrático (UDP, na sigla em inglês), o principal partido protestante da Irlanda do Norte. Ontem, ao final do dia das eleições, já se começava a fazer uma ideia da participação no escrutínio, e o cenário não parecia mau.
Paisley pode ter perdido alguns votos - pela mesma razão que o Sinn Féinn, porque os apoiantes mais extremistas não aceitam as cedências feitas pelos seus líderes - mas, segundo Paul Bew, terá ganho outros, novos apoiantes, com o que descreve como uma "mudança de coração", traduzindo literalmente do inglês. Ao mesmo tempo, lidera claramente entre o eleitorado protestante do território com os seu rivais mais próximos.
Mudou pois de ideias, o analista não sabe explicar porquê, e o homem que uma vez jurou que nunca iria trabalhar com o Sinn Féin, desta vez disse talvez.
E o "talvez", quase de certeza, é a opinião da grande generalidade dos analistas, vai se transformar em "sim". Desta vez, com todas as cedências dos católicos do Sinn Féin - a aceitação da polícia, a última - não restam desculpas a Paisley.
Provavelmente, Paisley ficará à frente do governo da Irlanda do Norte. Um homem com 81 anos, que para muitos representa a velha política da Irlanda do Norte, mas para muitos é uma "figura de pai", como o caracteriza o analista.
O filho de Paisley é o seu braço direito e a sua juventude para levar o trabalho para a frente.
Agora resta saber se os resultados são "O.K." - e o processo de negociação é mais lento.
Ou se são "muito bons" - e é possível, afirma Bew, que se negoceie o executivo em duas três semanas. Por isso, good luck, Ian Paisley, boa sorte. S.M.M., Belfast
Paisley, com 81 anos, representa para muitos a velha política da Irlanda do Norte, mas é também uma "figura de pai" "

(Susana Moreira Marques, Público)

:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 19:57
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: