Sexta-feira, 7 de Março de 2008

A gigantesca manif de professores de amanhã

Segundo o Público de ontem, prevê-se a participação de 70 mil professores na manif de amanhã, em Lisboa.

Serão setenta mil, em linguagem de professor de Português.
7 x 104, em linguagem de professor de Matemática.
A maior manifestação de professores de sempre, em linguagem de professor de História.
Um súbito aumento da densidade populacional no centro de Lisboa, em linguagem de professor de Geografia.
Sete zero zero zero zero, em linguagem de professor de Informática.
Setenta mil potenciais novos membros do Clube do Stress, em linguagem de professor de Educação Física.
70 mil divergências dialécticas com a ministra, rejeitando o diálogo socrático, em linguagem de professor de Filosofia.

Todos estes vão estar em Lisboa amanhã. Mesmo eu, que confesso que não concordo com a maior parte dos argumentos dos professores, me sinto sensibilizado.
A ministra não pode dizer que uma tão grande manifestação é unicamente fruto da manipulação sindical, ou da resistência à mudança de interesses instalados. Até porque as manifestações espontâneas que têm despontado em todas as capitais de distrito - mesmo que se saiba quem estará por detrás da primeira SMS enviada, a mobilização não deixa de ser espontânea - refutam essa tese.
Não consigo crer que um nível de descontentamento que consegue mobilizar tantos professores seja apenas fruto da defesa de interesses de classe. Há mais do que isso, embora isso também lá esteja. Há a incapacidade da ministra em dialogar, em envolver as partes afectadas no processo de decisão - isso é o abc de um bom gestor, que um ministro tem sempre de ser - e há mudanças que têm de ser feitas, concordo, mas que estão a ser mal feitas - e mudar só por mudar traz mais desvantagens que benefícios.
Por tudo isto, sinto-me sensibilizado, até impressionado com a gigantesca manif de amanhã.
Tamanha multidão manietará José Sócrates, que querendo defender a ministra perderá apoio público, e que mesmo que quisesse atirá-la à pira não o pode fazer, sob pena de perder toda a credibilidade de líder e de passar a estar para o resto da sua carreira de primeiro-ministro refém de todo e qualquer interesse que consiga moblizar gente.
Sócrates parece-me pois encostado à parede nesta questão, e estu curioso para saber como vai sair daqui. Não será com certeza com o risível comício previsto para o Porto na próxima semana, iniciativa que se alguém tivesse o mínimo sentido do ridículo cancelava imediatamente...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 13:01
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Abraracourcix e a sua ald...

O fim do petróleo - cenár...

Não às detenções secretas

Razões antropológicas par...

Altermundo reaberto

Vive la France

Bem vindos ao Turquemenis...

Break my arms...

Editors

O PCP e o Tibete: a minha...

O PCP e o Tibete: respost...

Mais um pouco de luz para...

Luz ao fundo do túnel par...

Mail por mim enviado ao P...

Eleitoralismo precoce

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: