Quinta-feira, 3 de Agosto de 2006

"Parece-me que as notícias sobre a minha morte são manifestamente exageradas"

Este foi o comentário de Mark Twain a notícias que o davam como morto antes de o ser... Parece também poder aplicar-se ao tom aplicado às notícias em certos meios de comunicação social (sim, estou a acusar o meu jornal de referência, o Público do "mais laranjista que a laranja" J.M. Fernandes), acerca da passagem de poder em Cuba. Reproduzindo o que já escrevi em comentário ao post do Max no Devaneios Desintéricos:

Parece-me demasiado cedo para fazer as exéquias do homem... afinal, é muito má educação falar de um vivo como se já não o estivesse...
Segundo informsções especializadas que obtive, do comunicado de Fidel não é sequer seguro deduzir que padece de cancro... há vários outros diagnósticos possíveis para os sintomas divulgados. Claro que o "afastamento temporário" poderá na prática não o ser - como o poderá também ser - , parece-me apenas demasiado cedo, face aos dados disponíveis, para tirar conclusões.
  "E agora, cuba?", poder-se-á perguntar. Permitem-se, am eu ver, duas respostas: ou Fidel recupera, ou o poder fica definitivamente nas mãos do seu irmão Raul; ou seja, mais do mesmo no que toca ao futuro imediato de Cuba. A verdadeira interrogação colocar-se-á, isso sim, quando for a vez do fidelíssimo irmão passar as rédeas do poder...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 14:41
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

"Parece-me que as notícia...

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: