Terça-feira, 25 de Março de 2008

O fiasco dos Javalis de Ouro 2007

Gaulesas e gauleses, estou triste com vocês. Extremamente desiludido. A vossa participação na designação dos vencedores dos Javalis de Ouro 2007 foi um rotundo zero. Nem um voto...  Digam-me por favor: o que fiz mal? Foi o timing? O site das sondagens não funcionou? Gostaria de saber, para melhorar possíveis erros para a próxima edição...

Bom, já que ninguém votou, cabe-me a mim a democrática decisão (afinal, fui o único que votei) de designar os vencedores dos fabulosos, estelares, Javalis de Ouro. Sendo assim, os vencedores são:

Melhor filme:
In the Valley of Elah


Melhor realizador:
Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud, Persepolis


Melhor argumento:
In the Valley of Elah


Melhor actor:
Daniel Day Lewis, There Will Be Blood


Melhor actriz:
Ellen Page, Juno
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , ,
um discurso de Abraracourcix às 17:33
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Apelo à participação democrática

Já há quase uma semana que está disponível a votação para os Javalis de Ouro - melhores filmes de 2007 aqui no Altermundo, e constato para minha grande tristeza que ainda ninguém votou - zero votantes.
Eu bem sei que este ano falhei redondamente o melhor timing para esta iniciativa, que é por altura dos Oscares, mas mesmo assim estão-me a desiludir, caros gauleses! Nem um de vocês se dignou votar?! Realmente, o nível de participação democrática parece espelhar o do país em que vivemos...
Vamos, votem!!
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , ,
um discurso de Abraracourcix às 09:57
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Sábado, 15 de Março de 2008

Está aberta a caça aos Javalis de Ouro!

Com muito atraso, da minha inteira responsabilidade e preguiça (só agora terminei de ver, com "There Will Be Blood" - recomendo unicamente pela prestação de Daniel Day Lewis, de resto não é grande coisa - os filmes da "colheita" que vai a prémios), coloquei finalmente no Altermundo a votação para os Javalis de Ouro - melhores filmes de 2007/08.
Tal como no ano passado, há 5 categorias (filme, realizador, argumento, actor, actriz), e 5 nomeados em cada uma. Peço-vos que votem, e que sigam os links dos filmes caso não o tenham visto, para pelo menos saberem do que se trata.

Filmes nomeados para este ano pelo excelso chefe Abraracourcix:

4 nomeações:
In the Valley of Elah, filme, realizador (Paul Haggis), argumento, actor (Tommy Lee Jones)

3 nomeações:
Control, filme, realizador (Anton Corbijn), actor (Sam Riley)
Eastern Promises, filme, realizador (David Cronenberg), argumento
Persepolis, filme, realizador (Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud), argumento

2 nomeações:
Shortbus, argumento, actriz (Sook-Yin Lee)

1 nomeação:
Paradise Now, filme
Iklimler (Climas), realizador (Nuri Bilge Ceylan)
Atonement, argumento
The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford, actor (Casey Affleck)
There Will  Be Blood, actor (Daniel Day Lewis)
No Country for Old Men, actor (Javier Bardem)
4 luni, 3 saptamâni si 2 zile (4 meses, 3 semanas e 2 dias), actriz (Anamaria Marinca)
Juno, actriz (Ellen Page)
Michael Clayton, actriz (Tilda Swinton)
Lust, Caution, actriz (Wei Tang)
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 12:08
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

Os Oscares estão a chegar

Aqui no Altermundo, estou mesmo já em contagem decrescente para esse evento que anualmente acompanho. Tal como no ano passado, vou propor a vocês, caros gauleses que por esta aldeia vão deambulando, que façam as suas próprias escolhas. Pretendia fazê-lo antes dos Oscares, para que a atribuição dos excelsos Javalis de Ouro ofuscasse o brilho das excelsas estatuetas da Academia. Infelizmente, e devido às questionáveis estratégias comerciais das distribuidoras portuguesas, não só alguns dos principais filmes candidatos só estrearam esta semana, em catadupa, o que me levará algum tempo para que os possa ver a todos, como um dos mais fortes filmes a concurso, No Country for Old Men, dos irmão Cohen e que tenho muita curiosidade em ver, só estrerá incompreensivelmente após os Oscares!... Alguém percebe as distribuidoras portuguesas?....
Como eu só nomeio filmes que tenha visto e como para fazer uma escolha de nomeados justa terei de ter visto os filmes tidos como mais fortes, penso que só na próxima semana poderei aqui colocar as sondagens para que o gaulês público possa votar nos Javalis de Ouro. Até lá - conselho de chefe - vão aproveitando também para ver bons filmes: In the Valley of Elah é imperdível, Michael Clayton (mais uma ante-estreia a que o cortês pasquim do sr. Belmiro me levou) é muito bom e There Will Be Blood consta que tem uma actuação arrasadora de Daniel Day Lewis.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 10:34
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Prémios Personalidade do Ano 2007 - os vencedores

Acabei de fechar a votação para os Prémios Personalidade do Ano 2007.
Os democráticos vencedores deste ano:

Prémio Santana Lopes:
José Sócrates

Prémio Gandhi:
Al Gore


Prémio Bush:
Pervez Musharraf
e Vladimir Putin, ex aequo

Prémio Picasso:
Radiohead


Prémio Pimba:
Isabel Pires de Lima


Prémio Paris-Dakar:
Vanessa Fernandes

Prémio Bimbo da Costa:
Doping
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , , ,
um discurso de Abraracourcix às 16:17
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Prémios Personalidade do Ano 2007

À semelhança do que fiz no ano passado, mas desta vez de forma mais democrática, estou a promover uma votação para Personalidades do Ano de 2007, já disponível na barra direita do blog.
Para contextualizar um pouco a escolha, aqui ficam inks para a wikipedia e o meu argumento para a escolha dos "candidatos":

Nacional

Prémio El Rei D. João II:

não atribuído este ano, por falta de candidatos, ou apenas alguém que tenha feito o que quer que seja de positivo na política nacional (mas se alguém se lembrar, agradeço que desbloqueie a minha amnésia selectiva)

Prémio Santana Lopes:
Correia de Campos,  a Besta, cuja foto hiper-realista tem lugar cativo no Altermundo; é preciso dizer mais?
Manuel Pinho, campeão das gaffes e dislates, paladino-mor da incompetência que Sócrates quase parece gostar que o rodeie
José Sócrates: ele é que manda nos outros candidatos (e os dois que escolhi são só os exemplos mais paradigmáticos; até Teixeira dos Santos, a quem atribuí o prémio El-Rei D. João II o ano passado, foi contaminado); ele é que é o "presidente da Junta" (os nomes "lúgubre tugúrio", "escura catacumba", "choldra" ou equivalentes serviriam igualmente para descrever o estado deste nosso rectângulo, sem qualquer sinal de melhoras vindouras)

Internacional

Prémio Gandhi:
Al Gore, mais que merecido Nobel da Paz; é graças em grande parte ao seu hercúleo esforço (e mediatismo) que hoje em dia é impossível passar mais que um dia sem se falar do aquecimento global
Angela Merkel, dos poucos líderes europeus com L grande
Kevin Rudd, pelo simbolismo de ter adoptado, como primeiríssima medida depois de tomar posse como primeiro-ministro da Austrália, a ratificação do protocolo de Kyoto, autêntica bofetada de luva branca aos Estados Unidos e à sua anti-política ambiental

Prémio Bush:
Jaroslaw Kackynski, o incendiário (felizmente) ex-primeiro-ministro polaco
Pervez Musharraf, principal responsável por o Paquistão se ter tornado no lugar mais perigoso do mundo
Vladimir Putin, feiticeiro responsável pelo advir da nova guerra fria e pelo aniquilamento definitivo de toda e qualquer manifestação de democracia no maior país do mundo

Cultura

Prémio Picasso:
The Arcade Fire, a banda que se fala e de que me tornei, confesso, fanático; o seu segundo álbum, "Neon Bible", é tão bom como o já fantástico "Funeral"; o rock está vivo e bem vivo e o seu futuro passa por estes canadianos
Jonathan Littell, escritor americano que escreveu "Les Bienveillantes" ("As Benevolentes" na não completamente acertada tradução portuguesa), um calhamaço de 900 páginas em francês sobre o Holocausto na perspectiva de um SS; livro do ano em França, sensação um pouco por todo o lado; estou ansioso por começar a lê-lo, espero que o meu francês aguente a maratona
Radiohead: editaram um álbum novo, "In Rainbows", mas a nomeação é pelo lançamento do mesmo exclusivamente online, no site da banda e de preço livre (cada um pagava o que achasse justo, a começar por... zero!), acto que lançou o derradeiro prego no caixão da indústria musical; se para mim esta já estava morta, agora está morta e enterrada


Prémio Pimba:
Alliance of Motion Picture and Television Producers (AMPTP): se querem ver como se faz uma greve, olhem para Hollywood, onde os guionistas pararam em Novembro, como protesto pela política dos produtores, reunidos na AMPTP, de não lhes pagar pela difusão dos conteúdos de sua autoria na Internet ou em DVD, ameaçando já o desenvolvimento da maior parte das séries americanas, alguns filmes e mesmo a realização dos Óscares - não se pode fazer se ninguém escrever as piadas...
Indústria musical: Para além dos Radiohead, também Madonna e Prince já perceberam o que o futuro reserva e lhe viraram costas. Está morta e enterrada, como escrevi acima.
Isabel Pires de Lima: ministra da Cultura? Mas qual cultura?


Desporto

Prémio Paris-Dakar:
Roger Federer, há quatro anos imperador incontestado do ténis mundial; mesmo quando joga mal, joga bem.
Team Alinghi, equipa vencedora da Taça América em vela
Vanessa Fernandes, vencedora de tudo o que era prova de triatlo em 2007, provavelmente a nossa melhor desportista da actualidade

Prémio Bimbo da Costa:
Doping: no ciclismo, no atletismo, no desporto americano... os escândalos não param
Luiz Felipe Scolari: sou adepto do excelente trabalho que tem feito na selecção portuguesa, goste-se ou não do estilo e apesar da excessiva tremideira na qualificação para o Euro 2008; a agressão a Dragutinovic no final do Portugal-Sérvia, no entanto, é completamente indesculpável e é por isso que o nomeei
Selecção portuguesa de hóquei em patins: com um historial ímpar na modalidade, sendo ainda a selecção com mais Mundiais ganhos, Portugal sempre se tinha qualificado pelo menos para as meias-finais desta competição. Até 2007.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , , ,
um discurso de Abraracourcix às 12:00
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007

O Verdadeiro Melhor Português de Sempre é...

Encerrei hoje a votação para o Melhor Gaulês de Sempre. A participação foi excelente, e é tempo de anunciar os vencedores... Uma vez que houve empate entre várias personalidades, espero que os irredutíveis leitores não se oponham a que exerça o meu voto de qualidade, enquanto chefe desta irredutível aldeia, para escolher o vencedor de entre os empatados.

Assim sendo, o Verdadeiro Melhor Português de Sempre, e o Melhor Gaulês, é...

D. Afonso Henriques!!
(com uma menção muito honrosa para Agostinho da Silva, que ficou empatado com o nosso rei fundador, e outra menção um pouco menos honrosa para Eusébio, que também ficou empatado)
Quanto aos prémios para cada área (Política, Sociedade, Cultura, Ciência, Desporto):

O Melhor Gaulês na área da Política é... D. João II

O Melhor Gaulês na área da Sociedade é... Pêro da Covilhã

O Melhor Gaulês na área da Cultura é... Fernando Pessoa

O Melhor Gaulês na área da Ciência é... Egas Moniz

O Melhor Gaulês na área do Desporto é... Eusébio
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

Regresso lutuoso

Depois de um lutuoso interregno causado por imprevistos - mas infelizmente demasiado previstos - acontecimentos, o Altermundo volta ao mundo dos vivos... 
(e desde já as minhas desculpas pelo atraso na resposta aos comentários)
Ainda a inteirar-me das implicações das notícias desta semana, não vou falar da licenciatura do sr. Sócrates (não seria tudo mais simples se os notáveis portugueses fossem tratados apenas por "sr.", como tão impecavelmente fazem os britânicos?), cujos fraternos laços com a nefasta Universidade Independente permanecem por desvendar por mais esclarecimentos que (não) se façam. Também não falarei das eleições timorenses, a aguardar mais definitivos resultados, nem das novas diatribes iranianas, apenas o culminar da política externa de Teerão ou da  al-qaedização do terrorismo na Argélia.
Por ora, quero apenas frisar que a eleição do Verdadeiro Melhor Português de Sempre, que deveria já ter terminado, se prolongará para mais alguns dias. Isto dará, espero, tempo para que os votantes corrijam os resultados actuais e que põem Eusébio em primeiro lugar, e deste modo para que eu possa respeitar inteiramente a atmosfera democrática desta gaulesa aldeia...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , , , , ,
um discurso de Abraracourcix às 00:36
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Terça-feira, 27 de Março de 2007

O verdadeiro Melhor Português de Sempre

Fiel ao espírito alter- que é o meu e o deste blog, a partir de hoje e por período a definir está aberta a votação para o Melhor Gaulês (quer dizer, Português) de Sempre.
Para começar, existe uma votação para o Melhor Gaulês nas áreas de Política (governantes ou líderes políticos), Sociedade (outras personalidades que não se enquadrem numa perspectiva política), Ciências, Cultura e Desporto. Depois, os quatro nomeados de cada uma destas categorias está, por inerência, nomeado para a escolha de Melhor Gaulês de Sempre.
Para ajudar à escolha, aqui ficam os links wikipédicos (em português ou em inglês, sempre que este último artigo for mais desenvolvido, o que é algo vergonhoso mas acontece com alguma frequência) para saberem mais sobre cada um destes ilustres e irredutíveis gauleses. O resto é com vocês, leitores!...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
Segunda-feira, 19 de Março de 2007

E os Javalis de Ouro vão para...

É altura de anunciar os vencedores dos mui prestigiantes galardões do Altermundo. Devo frisar que decidi ser inteiramente democrático e nomear vencedores os mais votados na sondagem que vai estar até ao final do ddia disponível na barra direita. Para corrigir eventuais injustiças (na minha óptica), criei o Javardo de Prata, ou menção honrosa, premiando quem eu acho que deveria ganhar mas não conseguiu, por falta de votos ou por os votantes não terem visto os respectivos filmes.
Aqui ficam então os vencedores:

Melhor filme:
O Javali de Ouro vai para...
Babel

Melhor realizador:  
O Javali de Ouro vai para...
Martin Scorsese, The departed

Melhor actor:           
O Javali de Ouro vai para...
Leonardo diCaprio, The departed

Melhor actriz:           
O Javali de Ouro vai para...
Helen Mirren, The queen

e um javardo de prata para...
Judi Dench (Notes on a Scandal), por uma performance absolutamente brutal, monstruosa no bom sentido do termo

Melhor argumento:    
O Javali de Ouro vai para...
Perfume
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 10:28
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Sexta-feira, 16 de Março de 2007

Final da escolha para os Javalis de Ouro: ainda podem votar!

A votação para os Javalis de Ouro desta gaulesa aldeia está a correr a um ritmo razoável, mais ou menos como esperava. Assim, decidi anunciar os vencedores na segunda-feira, pelo que aqueles que passarem por aqui durante o fim-de-semana podem aproveitar para votar nos seus favoritos!
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 09:46
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Sexta-feira, 9 de Março de 2007

Prémios Javali de Ouro para os melhores filmes de 2006/07

Eis a concretização de uma ambição "carola" que tinha há algum tempo: a atribuição de prémios aos melhores filmes, na tradição dos Óscares. Claro que fazendo jus a esta gaulesa aldeia onde me situo, nenhum título poderia ser melhor - na linha dos mais reputados prémios cinéfilos europeus - que os Javalis de Ouro.
Assim sendo, está aberta a caça... perdão, a votação para que também vocês, caros leitores irredutíveis gauleses, possam ter uma palavra a dizer neste banquete... perdão, atribuição de prémios.
Existem cinco categorias (filme, realizador, actor, actriz - principais ou não, argumento - original ou adaptado, é indiferente), cada uma com cinco nomeados escolhidos por mim, apenas de entre os filmes que vi (não nomeei filmes que não vi, logicamente) entre Março de 2006 e o final de Fevereiro deste ano, ou seja, mais ou menos entre as duas últimas atribuições dos Óscares.
Quero frisar que terei a vossa votação em conta ao decidir os vencedores, dentro de uma semana ou duas (depende do ritmo da votação), mas apesar de gostar da democracia ela tem limites: afinal, sou eu o chefe desta aldeia blogosférica, como tal o vosso voto equivalerá a um referendo não vinculativo, pelo que retirarei as mesmas ilacções que o chefe da grande aldeia que é Portugal em relação ao referendo "real".

E agora, aos votos! Para vos ajudar, eis um resumo, com links, das nomeações que decidi:
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007

Prémios 2006

Seguindo uma tradição que há alguns anos sigo na "intimidade" da minha mente, e que já partilhei no Altermundo tentando - sem sucesso - um exercício democrático de votação, decidi escolher os titulares dos prémios relativos a 2006 para os destaques, pela positiva e pela negativa, nas áreas Nacional, Internacional, Cultura e Desporto. Dado que no ano passado ninguém se mostrou interessado em participar na escolha, este ano - e inspirando-me no esprit du jour dos últimos dias de 2006 - afirmo-me como ditador e sou eu que escolho. Os prémios então:

Nacional

Prémio El-Rei D. João II: Teixeira dos Santos
Goste-se ou não, a verdade é que as contas do Estado entraram nos eixos, e pela primeira vez em vários anos - não devia ser destaque, mas com a governação, digamos, pouco séria, dos últimos anos, é-o sem dúvida - temos orçamentos de estado realistas.

Prémio Santana Lopes: Correia de Campos
A provar o carácter maniqueísta deste goveno, os destaques positivo e negativo ficam entregues a membros do mesmo executivo. No caso de Correia de Campos, quase nem é preciso explicar o zelo com que se dedicou a acelerar até ao limite o ritmo com que desde há largos anos se tem vindo a proceder ao desmantelamento do Serviço Nacional de Saúde. Fruto das suas explosivas declarações e das suas ainda mais explosivas decisões, Correia de Campos é, neste governo, o melhor servo que os interesses privados na Saúde podiam ter.

Menções honrosas: Marques Mendes, Ribeiro de Castro, não-líderes da inexistente oposição ao Governo.

Internacional

Prémio Gandhi: não atribuído
Num ano como o de 2006, seria um completo contra-senso atribuir um prémio com o nome do mais destacado dos pacifistas.

Prémio Bush: sem surpresas, para o próprio, mais especificamente para a sua política internacional.
Já aqui escrevi várias vezes sobre a falta de capacidade de Bush para jogar xadrez, e as várias partidas simultâneas que se vão desenrolando no Médio Oriente estão, sem excepção, a cair muito claramente para copiosas derrotas. Enquanto Bush se concentra na próxima jogada, os seus adversários, com destaque para o Irão, já vêm três ou quatro jogadas à frente...

Menções honrosas: Mahmud Ahmadinejad (pelo delírio que é a sua política internacional), governo-fantoche iraquiano e o respectivo fantocheiro americano (pela pena capital de Saddam Hussein)

Cultura

Prémio Picasso: devoluções de "arte nazi"
Foireconfortante assistir à devolução aos legítimos proprietários de inúmeras obras de arte saqueadas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial, embora tenham servido apenas para as leiloeiras conseguirem receitas recorde, e para que milionários e oligarcas russos, árabes e chineses vão construindo secretas colecções de referência...

Prémio Pimba: Rui Rio
Em 2006 rio atingiu o paroxismo, assumindo completamente a pele de cruzado anti-cultura na cidade do Porto. Fim dos subsídios à cultura, privatização da gestão do Rivoli - duas decisões sem a participação, que seria no mínimo lógica, do vereador da Cultura - foram apenas as mediáticas confirmações do autismo de Rio e do horror que tem a tudo o que inclua a palavra "cultura". Tenho vergonha da cultura da minha cidade depender de uma pessoa assim.

Desporto

Prémio Paris-Dakar: selecção nacional
Pode-se ou não criticar - e eu sou um dos que, até certo ponto, não hesita em fezê-lo - mas a verdade é que, justa ou injustamente, com sorte ou sem ela, a jogar bem ou mal, ficámos em 4º lugar no Mundial... e nos anais da História, em última análise, será isso a contar.

Prémio Bimbo da Costa: para o próprio e para todos os seus amigos e conhecidos, bem como para todos os que não o sendo dão tão mau nome ao futebol nacional
Sem explicações necessárias, "penso eu de que"...

Têm algo a criticar? Nomes a sugerir? Náo concordam com as minhas ditatoriais escolhas? A "castanhada" é sempre bem vinda nesta gaulesa aldeia, deveras!
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , , , ,
um discurso de Abraracourcix às 09:14
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

O fiasco dos Javalis de O...

Apelo à participação demo...

Está aberta a caça aos Ja...

Os Oscares estão a chegar

Prémios Personalidade do ...

Prémios Personalidade do ...

O Verdadeiro Melhor Portu...

Regresso lutuoso

O verdadeiro Melhor Portu...

E os Javalis de Ouro vão ...

Final da escolha para os ...

Prémios Javali de Ouro pa...

Prémios 2006

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: