Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

Blair e a luxúria do poder

Segunda-feira, Tony Blair anunciou que deixará o cargo de primeiro-ministro britânico até Setembro. O anúncio nada tem de novo, pois já há alguns meses tinha sido divulgado esse prazo, levando-me inclusivamente na altura a reflectir sucintamente sobre o legado de 10 anos de blairismo. Mesmo a data dada como provável para a saída se mantém: Maio, após as eleições locais em Gales e na Escócia, onde previsivelmente o Labour sofrerá uma pesada derrota.
O que é novo é que, cada vez mais acossado - agora é o caso de "empréstimos por nobreza", onde títulos de nobreza foram supostamente obtidos contra financiamentos ao Partido Trabalhista e pelo qual, coisa totalmente inédita no Reino Unido, o próprio Blair foi já ouvido como testemunha - Blair se tenha visto obrigado a reafirmar a sua saída (nem sequer a antecipá-la), como estratégia de "fuga para a frente".
A verdade é que esta (in) decisão apenas revela a falta de coragem em assumir a saída: custa largar o poder, essa amante repleta de luxúria que vicia quem o exerce, ainda para mais ao fim de 10 anos, e Blair parece estar em "fase de negação" da evidência de que terá de sair.
Faria bem em já o ter feito, há bastante tempo até, mas neste momento o único cenário lógico é mesmo a sua saída em Maio. Esperemos que Blair tenha na altura mais coragem que agora..
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 09:00
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Blair e a luxúria do pode...

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: