Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006

Adeus ao "pai do Turquemenistão"

Morreu Saparmurat Niyazov, auto-intitulado Turkmenbashi, o pai dos turquemenos, ontem, de ataque cardíaco. Na categoria "ditadores", era sem dúvida um dos mais brutais, sádicos, mas também inventor de originais e bizarras formas de repressão.
Os seus feitos incluem: uma capital, Ashgabat, "surreal", repleta de edifícios neo-estalinistas de mármore branco, de retratos gigantes e de estátuas douradas do próprio Turkmenbashi, incluindo uma, de braços abertos, que roda 360 graus para estar sempre de frente para o sol; livros escritos por Nyiazov que são leitura obrigatória nas escolas e um pouco por todo o lado, onde a sua biografia é transformada em lenda; opositores políticos ou simples cidadãos que disseram uma palavra a mais ou a menos (escutadas por informadores, ou por escutas telefónicas ou nas próprias casas) torturados, presos, ou deportados para áridos desertos de sal; e, naturalmente, as habituais contas bancárias offshore com a maior parte dos milhões de dólares originados pelo gás e recursos naturais do país...
Castro doente, Saddam condenado à morte, Pinochet e Nyiazov mortos... Nas palavras da The Economist, "it´s a tough season for tyrants".
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,
um discurso de Abraracourcix às 11:06
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!


Neste blog é permitido fumar





Be an Ocean Defender

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

As odisseias de Abraracourcix



create your own visited countries map

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Adeus ao "pai do Turqueme...

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

habitantes: