Quarta-feira, 16 de Agosto de 2006

Ecos de Maquiavel?

Chegaram-me há dias ecos distantes quanto à amplamente publicitada "conspiração do terror" desmascarada em Londres que me deixaram a pulga atrás da orelha. Se não tenho dúvidas de que algo de verdadeiramente importante foi descoberto, o que não surpreende minimamente (como titulei no post sobre o assunto, é apenas uma questão de tempo até...), li algo que vagamente aludia ao facto de a acção da polícia britânica estar a ser empolada, por forma a servir interesses políticos do governo de Blair.
Ecos de Maquiavel portanto: a ampla campanha de publicidade em curso (e algo no seu tom demasiado veemente soa de facto a suspeito) cria, ou poderá visar criar, um estado de espírito nos britânicos propício a que Tony Blair possa instituir novas medidas que vê como importantes para combater o terrorismo, ou reciclar outras que foram entretanto chumbadas, como é o caso da extensão para 90 dias do período em que um detido por suspeita de terrorismo pode permancer preso sem ser acusado. Já se ouvem de resto ministros a defender esta medida...
Fica então a tal pulga atrás da orelha: não pondo em casa a veracidade da existência de iminentes ataques terroristas tal como foram descritos, será que estes não estão a ser empolados, ou demasiado publicitados, de propósito por Blair para servir os seus interesses políticos? (e até aumentar a sua popularidade em declínio...)
Já procurei, mas não encontro nada de concreto acerca disto... se alguém estiver mais informado que eu...
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 10:01
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Quinta-feira, 10 de Agosto de 2006

Alerta vermelho em Londres

É só uma questão de tempo até..... (a notícia é da BBC News)

Airlines terror plot disrupted

A plot to blow up planes in flight from the UK to the US and commit "mass murder on an unimaginable scale" has been disrupted, Scotland Yard has said.
It is thought the plan was to detonate explosive devices smuggled in hand luggage on to as many as 10 aircraft. Police are searching premises after 21 people were arrested. Home Secretary John Reid said they believed the "main players" were accounted for. High security is causing delays at all UK airports.The threat level to the UK has been raised by MI5 to critical after the arrests in London, High Wycombe and Birmingham. Critical threat level - the highest - means "an attack is expected imminently and indicates an extremely high level of threat to the UK".Three US airlines are believed to have been targeted. Mr Reid said had the attack gone ahead it would have caused a loss of life of "unprecedented scale". He said they were "confident" the main players were in custody, but neither the police nor government are "in any way complacent". Tony Blair, on holiday in the Caribbean, paid tribute to the the police and the security services. He said they had tracked the situation for a "long period of time" and had "been involved in an extraordinary amount of hard work." "I thank them for the great job they are doing in protecting our country. "There has been an enormous amount of co-operation with the US authorities which has been of great value and underlines the threat we face and our determination to counter it," he said in a statement. BBC security correspondent Gordon Corera said the plot was thought to have involved a series of "waves" of simultaneous attacks, targeting three planes each time. He also said the plan "revolved around liquids of some kind". "Officials say the explosives would have been sophisticated and extremely effective," our correspondent said.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: , ,
um discurso de Abraracourcix às 15:53
link do discurso | comentar - que alegre boa ideia!
Sábado, 11 de Setembro de 2004

Efeméride

Sento-me calmamente, respiro fundo, e escrevo: 11 de Setembro. Na minha cabeça ecoa essa frase, letra a letra, lentamente: onze de setembro. Uma data a não esquecer. Uma data que ninguém vai esquecer. Basta pronunciá-la, quer tenha ou não a ver com o que aconteceu em 2001, e toda a gente associa de imediato a data: 9/11, como codificaram os americanos. 911, o número de emergência nos Estados Unidos.
11.9.01: o século XXI atinge-nos em cheio na cara. De súbito, percebemos que estamos no dealbar de um novo século, em que preto e branco se transformam numa miríade de tons de cinzento, em que o conceito de "guerra" deixa de ser aplicável, em que o "inimigo" deixa de poder ser apontado a dedo, deixa de ser uma nação que podemos culpar. Reflexo da era da informação electrónica, temos agora um meta-terrorismo, um inimigo tentacular, sem um verdadeiro cérebro, sem um verdadeiro rosto, uma nova Hidra de Lerna: não basta cortar uma cabeça, porque ela volta a crescer.
Onze de Setembro de dois mil e um, escrevo-o assim, por extenso, e cada letra me causa arrepios. O dia em que acordei, liguei a televisão e me sentei no sofá, estarrecido. Um dia de que me lembro ainda como se tivesse sido ontem. Um dia que os acontecimentos de todos os dias (Iraque, Tchetchénia, Afeganistão...) nos recordam violentamente de que o século XXI será o século "meta-": meta-terrorismo, meta-guerra... O século sem rosto.
:
Abraracourcix o chefe falou sobre: ,

Os melhores javalis


O chefe viu:
   "Nightwatchers", Peter Greenaway

  

 

   "The Happening", M. Night Shyamalan

  

 

   "Blade Runner" (final cut), Ridley Scott

  


O chefe está a ler:
   "Entre os Dois Palácios", Naguib Mahfouz

O chefe tem ouvido:
   Clap Your Hands Say Yeah, Some Loud Thunder

   Radiohead, In Rainbows
 

por toutatis! que o céu não nos caia em cima da cabeça...

Abraracourcix o chefe falou sobre

11 de setembro(18)

aborto(28)

admirável mundo novo(5)

aeroporto(3)

afeganistão(1)

alemanha(1)

altermundo(9)

ambiente(14)

amnistia(1)

austrália(1)

birmânia(1)

brasil(1)

camarate(1)

cambodja(1)

cartoons(31)

chile(4)

china(4)

cinema(15)

coreia do norte(4)

cuba(1)

cultura(29)

dakar(1)

democracia(10)

desporto(29)

economia(13)

educação(2)

egipto(1)

espanha(3)

frança(8)

futebol(4)

gaulesa aldeia(20)

h2homo(7)

holanda(4)

hungria(1)

igreja(6)

imigração(3)

incêndios(2)

índia(1)

indonésia(1)

internacional(151)

irão(7)

iraque(18)

irredutíveis gauleses(16)

japão(1)

kosovo(1)

laos(1)

líbano(16)

lisboa(1)

literatura(3)

madeira(2)

mauritânia(1)

media(8)

méxico(1)

música(7)

nacional(102)

nuclear(7)

odisseias(4)

palestina(4)

paquistão(1)

peru(3)

política(13)

polónia(2)

porto(1)

prémios(13)

reino unido(1)

religião(7)

rússia(6)

saúde(13)

síria(1)

sociedade(37)

sócrates(4)

somália(5)

srebrenica(5)

sudão(1)

tailândia(2)

tchetchénia(2)

tibete(5)

timor(2)

todas as estrelas do céu(26)

turquemenistão(1)

turquia(4)

ue(10)

uk(6)

ulster(2)

usa(21)

videos(6)

vietname(1)

zimbabwe(2)

todas as tags

procurar nos discursos

 

discursos recentes

Lisboa-Dakar anulado: o d...

Regresso lutuoso

A semana em cartoons: é o...

Estados Unidos bombardeia...

Pero que las hay, las hay...

Cartoon da semana

A Al Qaedização da Somáli...

Relatório da CIA - o que ...

Quantas vidas tem Bin Lad...

Exemplo ridículo das rest...

11 de Setembro já passou....

Pseudo-polémicas e cortin...

"Hoje somos todos do Hezb...

Segredos de Polichinelo, ...

Citação blogosférica

discursos antigos

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Janeiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004